Publicado em Fangirl-isms, Fotos, Games, Nerdices, Xbox One

Motivos para amar Assassin’s Creed Syndicate

ACS_Promotional_Screenshot_16

Embora eu não tenha jogado TODOS os jogos da franquia ainda, Assassin’s Creed sempre foi um título garantido na minha lista de compras e cada parte da saga me deixava entretida por horas a fio. No entanto, com o passar das histórias, tanto a similaridade entre o trajeto de cada assassino como a mecânica meio truncada do jogo me deixou desanimada.  Acabei deixando minha última aquisição – Black Flag – inacabada.


O ambiente.

ACS_Gamescom_Promotional_Screenshot_3

Mas quando eu soube que o próximo cenário seria na Londres vitoriana eu não resisti e resolvi dar mais uma chance aos Assassinos. Eu adoro a era vitoriana e não tinha como deixar um jogo em mundo aberto que se passa nessa época de lado.


Evie Frye.

Evie_Frye

Não bastasse o primeiro chamariz, quando vi as primeiras imagens de Syndicate, me empolguei de vez: Uma mulher! Uma Assassina! Pela primeira vez em toda a franquia, uma personagem feminina jogável! UAU! Não dá pra acreditar que em pleno 2017 isso ainda seja um motivo de surpresa.

Evie Frye, poderosíssima, é irmã gêmea – mais velha por quatro minutos – de Jacob Frye (que é o típico Assassino já retratado tantas vezes nos jogos anteriores). Habilidosa, inteligente, carismática e tão protagonista quanto o irmão. Você pode selecionar com quais dos dois jogar, exceto em partes específicas, já que cada irmão toma caminhos diferentes no desenvolver da história, e CLARO que estou jogando com Evie em todas as oportunidades, só oferecendo ao Jacob o básico necessário pra que ele cumpra as missões dele.

É um alívio, como mulher gamer, ver outra mulher fazer parte e estar à frente de um título poderoso como AC. E sem ser objetificada ou subjulgada por isso. Tendo jogado apenas com homens Assassinos até então, posso dizer que o fato de percorrer os desafios com uma Assassina faz sim diferença na minha experiência, se não no jogo em si. Representatividade importa, gente. Ainda mais tendo os índices de mulheres gamers aumentado tanto ultimamente.


Representatividade.

maxresdefault

Não só Evie Frye toma liderança em Syndicate, mas muitas outras mulheres também. Claro, a maioria em papéis de vilã – líderes de gangues, snipers dos Blighters e a braço-direito de Crawfors Starrick, o malvadão da história -, mas ainda assim, rostos femininos que fazem a diferença.

Tem também uma personagem transexual! UAAAU! Ned Wynert (nascido Henrietta), é um homem de negócios e aliado de Evie e Jacob (e ouvi dizer que foi baseado em um personagem real). Ele está sempre por perto e no ponto do jogo em que estou ainda não ouvi uma palavra sequer sobre seu gênero, o que é fantástico!


Celebridades!

Por último, mas não menos importante, alguns célebres desfilam por nosso querido jogo e nos permitem ter pequenos deslumbres de como eles podem ter sido em seu tempo. Alexandre Graham Bell, Karl Marx, Charles Darwin, Charles Dickens e Jack, o Estripador, sendo os maios famosos deles.


Se, como eu, você havia aberto mão de Assassin’s Creed como um todo, ou se por qualquer motivo ainda não decidiu que seria uma boa ideia se aventurar pelas úmidas ruas londrinas, aceite minha sugestão de um bom passatempo e divirta-se – seja com a Evie ou com o Jacob.


“Uma revolução diferente está nascendo. Mais sutil. Uma chama das cinzas de uma velha irmandade. Nós vamos ressuscitar.” – J. Frye


Cheers, kiddos!

Anúncios
Publicado em Fangirl-isms, Games, Nerdices, Vídeos, Xbox One

Power Rangers pra consoles!

Parte da minha infância está voltando com tudo ano que vem! Power Rangers volta além de com o filme agora também com um jogo de video game, que foi anunciado recentemente pela Bandai Namco.

O jogo Mighty Morphin Power Rangers Mega Battle, tem visual clássico da série, com os personagens originais dos anos 90 e jogabilidade beat em up da mesma época também, e vai ser lançado logo em Janeiro para Steam, PS4 e meu querido Xbox One! ❤

 And it’s looking mighty nifty:

Esta criança grande ficou MEGA animada com essa notícia! 🙂

Publicado em amor, Fangirl-isms, Nerdices

Expecto Patronum!

O Pottermore disponibilizou o Patronum! Agora podemos descobrir qual o espírito animal que nos protegerá contra os dementadores, a depressão e outras artes das trevas. O meu deu muito certinho, um gato Cálico – que nada por acaso tenho tatuado no braço! Muuuuito amor!!! ❤

 

captura-de-tela-inteira-22092016-104642-bmp

Publicado em Fangirl-isms, Filmes, Fotos, Nerdices

Primeira foto de “Harry Potter e as Relíquias da Morte”

A primeira foto de ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I’ foi divulgada pelo jornal USA Today nesta terça-feira (01/12). Relíquias da Morte será divido em duas partes, com estréias marcadas para 2010 e 2011.
.

.

Harry (Daniel Radcliffe), Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) aparecem sem uniformes, longe da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts como narra o último livro da saga. Na história, o trio parte em busca das horcruxes, objetos que guardam fragmentos da alma de Voldemort e juntos podem destruí-lo.

.

Dez anos separam a primeira adaptação dos livros de JK Rowling (Pedra Filosofal, 2001) do que virá a ser a última.

.

Em meio às gravações do penúltimo filme, o astro Daniel Radcliffe, 20 anos, já pensa no que fazer quando a saga acabar. Diz ele à rede BBC, que seu maior projeto para o futuro é constituir uma família. Não para agora, mas em algum ponto no futuro, que ele qualifica de ‘intimidador, mas promissor’ com o fim da ‘onda’ Harry Potter.

Publicado em Fotos, Nerdices

Yearbook Yourself

Vadiando Pesquisando pelos sites da vida, encontrei uma sugestão de sites super legais pra ajudar a matar tempo na web (porque não existem o suficiente pra isso, sabe): Ditch Productivity For A Day: 12 Great Sites To Kill Time & Have Fun, no Dumb Little Man.

Dentre os listados, o que mais curti foi o Yearbook Yourself, porque adoro esses sites onde a gente uploada a foto e pode firulá-la a vontade! Tem vários por aí, mas o diferencial desse é que com a foto uploadada você pode se transformar naquelas figuras clássicas de décadas passadas dos livros dos final de ano que rolam lá nas escolas dos isteites. Pode-se escolher entre vários looks cheios de puro glamour retrô. É um sarro!

Check it out:

YearbookYourself_1990
Eu em 1990, óculos super da moda!
YearbookYourself_1992
Em 1992, meu permanente vingou!
YearbookYourself_1996
Em 1996, o secador de cabelos comandava!

Coisa bunita, né? Na aba “Student Life” ainda dá pra fazer fotos do cotidiano escolar e em grupos, bem pra avacalhar com queridos alheios.

YearbookYourself_SL_1985
Em 1985, falar ao telefone era meu passatempo favorito!

Corre lá e embeleze-se também. O site, além de simples de usar é super leve! 🙂

.

Cheers, kiddos!

Publicado em Música, Nerdices, Scraps

Testando o Blog This!

mixtape, originally uploaded by notmuchcompany.

Roubei a idéia desse scrap daqui, que tem coisas bem legais de scrapear.
Como eu não quis roubar imagem de ninguém, resolvi fazer minha própria fita k7. Não ficou uma brastemp, mas dá pra entender que é uma fita, né?
Gostei do resultado, até, não tinha feito nada nesses tons ainda. E adorei o alpha!

Créditos, clique na imagem.

Publicado em Faculdade, Nerdices

Da série “Me Caiu os Butiá do Bolso!”

g_1203_livro-bigloira.jpgNem acreditei quando encontrei um livro de Dorothy Parker na biblioteca da Univali! Tava eu na sessão de literatura, olhando a toa e despretenciosamente… e dou de cara com Big Loira e Outras Histórias de Nova York! Um clássico que há muito queria ler! Ali, ao meu alcance. Larguei a pilha de livros que já tinha pego – uns Malba Tahan e outras coisas que tava me enganando que ia ler no fim de semana – e agarrei-o-o!

Uma beleza, já comecei a ler no Ferry Boat e quase me lasquei rindo no primeiro conto, A Valsa. Saí do ferriba e fui andando e lendo. Não sabia que eu era capaz de fazer as duas coisas ao mesmo tempo! HAuUAhuHAUhuHAuhAU!!!

Tô na metade do livro, ótimo ótimo ótimo. Pena que não se pode mais xerocar livros na faculdade – e por aqui é muito caro! – senão já ia fazer uma cópia básica. x)

Deixo aqui um pouquinho das pérolas de Mrs Parker pra vocês curtirem:

Um de seus desafetos mais famosos foi Clare Booth Luce, mulher do editor da revista Time. Dizem que uma vez as duas se encontraram na porta giratória de um banco. Clare era mais nova e quis “tirar uma” na cara de Dorothy, deixando-a passar primeiro e dizendo: “As velhas antes das belas.” Dorothy então retrucou: “As pérolas, antes das porcas.”

Em outra ocasião, disseram a Dorothy que Clare Both Luce era gentil com seus infeiores. A resposta? “Mas onde ela os encontra?”

“Aquela mulher domina dezoito idiomas e não consegue dizer ‘não’ em nenhum deles”. (sobre uma madame da sociedade novaiorquina).

“Esse não é um romance para ser deixado casualmente de lado. É para ser atirado longe com toda a força”. (resenha de um livro para a Esquire)

Só exijo três coisas de um homem: que ele seja bonito, insensível e burro”.

“Brevidade é a alma da langerie”.

“Fui expulsa de um convento em Nova Iorque por insistir em que a Imaculada Conceição não passou de uma combustão espontânea”.

“Dinheiro não pode comprar saúde. Mas eu me contentaria com uma cadeira de rodas cravejada de diamantes”.

“Desculpe a poeira”. (quando pediram que dissesse o epitáfio que gostaria de ter sobre seu túmulo)

“Navalhas machucam / Rios são úmidos / Ácidos mancham / E drogas dão cãimbras / Armas são ilegais / Nós escorregam / Gás tem mau cheiro / É melhor viver” . (Depois do fracasso de suas inúmeras tentativas de suicídio).

no orkut – Dorothy Parker falava de mim.

Publicado em Nerdices

Twitter

Sim, lembrei que me cadastrei lá! Linkei meu profile alí no lado, no Mais de Mim. =)

Publicado em Faculdade, Nerdices

Viver Mente&Cérebro de grátis!

viver_mente_cerebro.jpg O Viciados em Livros, blóg maravilhoso dedeus, disponibilizou dois anos inteirinhos da revista Viver Mente & Cérebro, revista de “Psicologia, Psicanálise, Neurociências e Conhecimento” quase que obrigatória para futuros e atuais profissionais da área.

Embora eu ache o conteúdo de revistas científicas fascinante, eu também acho um abêsurdo pagar tanto por algumas páginas. Ainda mais nos últimos meses, que a minha árvore de dinheiro que tenho aqui no quintal de casa tá meio abatida e não rendendo tantos “frutos”. Caro pra dedéu!

E pelo jeito não sou só eu que pensa assim! =)

A digitalização tem o conteúdo completo das revistas, tudo em pdf. Crique e confira! 🙂