Publicado em Leitura, Progresso!

027 – Ler 50 livros – não comics. Parte 3

Opa! Mais dez livros pra conta! Agora falta menos da metade. Até 2019 dou conta, hehe.

Vamos lá:

21 – 11.01.2017 – Pax – Sara Pennypecker (♥♥♥♥♥♥♥♥)

PAX_1464978188589315SK1464978188B Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas.
Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.

Minha opinião: Chorei! A última cena vai ficar comigo, certeza. A história é toda amorzinho, tipo Sessão da Tarde mesmo. Bom passatempo. 🙂

22 – 24.01.2017 A Sala dos Répteis (Desventuras em Série #2)Lemony Snicket (♥♥♥♥♥♥♥♥)

23 – 26.01.2017 – The Well Of Loneliness – Radclyffe Hall (♥♥♥♥♥♥)

24 – 09.02.2017 – O Lago das Sanguessugas (Desventuras em Série #3) – Lemony Snicket (♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

25 – 13.03.2017 Serraria Baixo-Astral (Desventuras em Série #4)Lemony Snicket (♥♥♥♥♥♥♥♥)

26 – 15.02.2017 – Menina Má – William March (♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

MENINA_MA_1458835413572351SK1458835413BPublicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro apavorantemente bom. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark.

Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

Minha opinião: Adorei que podemos acompanhar o ponto de vista da mãe, das desconfianças até a constatação do caráter da filha e as ferramentas que ela usa pra lidar com isso. É um foco diferente e empolgante. Rhoda, meiga, sorridente e com covinha, encanta a todos, mas tem uma das ganâncias mais severas que eu já vi.

O desenrolar da história sobre os anos iniciais de Christine também me chamou muito, mesmo que tenha sido usado como explicação para o comportamento atual de Rhoda (um tanto psicanalítico, como muitos outros pontos do livro – repressão de memórias e sonhos reveladores principalmente).

O filme é bem fiel ao livro, a atriz que faz Rhoda é apaixonante! O final foi alterado, por causa da política da época, então gostaria muito de vê-lo adaptado aos dias de hoje.
Já estou com saudades da Rhoda.

27 – 20.02.2017 – Inferno no Colégio Interno (Desventuras em Série #5) – Lemony Snicket (♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

28 – 01.03.2017 – O Elevador Ersartz (Desventuras em Série #6) – Lemony Snicket (♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

29 – 21.03.2017 Uni-Duni-TêM. J. Arlidge (♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

UNIDUNITE_1471551388606216SK1471551388BUm assassino está à solta. Sua mente doentia criou um jogo macabro no qual duas pessoas são submetidas a uma situação extrema: viver ou morrer. Só um deverá sobreviver. Um jovem casal acorda sem saber onde está. Amy e Sam foram dopados, capturados, presos e privados de água e comida. E não há como escapar. De repente, um celular toca com uma mensagem que diz que no chão há uma arma, carregada com uma única bala. Juntos, eles precisam decidir quem morre e quem sobrevive. Em poucos dias, outros pares de vítimas são sequestrados e confrontados com esta terrível escolha. À frente da investigação está a detetive Helen Grace, que, na tentativa de descobrir a identidade desse misterioso e cruel serial killer, é obrigada a encarar seus próprios demônios. Em uma trama violenta que traz à tona o pior da natureza humana, Grace percebe que a chave para resolver este enigma está nos sobreviventes. E ela precisa correr contra o tempo, antes que mais inocentes morram.

Minha opinião: Que boa surpresa! Encontrei esse livro por acaso e a sinopse me despertou interesse. Os primeiros capítulos me pegaram e fiquei presa até o final da leitura! Mistério na medida certa, adorei a narrativa, especialmente nos últimos momentos: o ritmo me manteve cativa.

Pontos adicionais por ter 90% da trama definida por mulheres. Muito bom, pra variar um pouco das histórias policiais atuais.

30 – 29.03.2017 – Redoma – Meg Wolitzer (♥♥♥♥♥♥♥♥♥)

Cheers, kiddos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s