Publicado em Uncategorized

Concepção Socrática do homem

“Na concepção socrática, todo homem é seu próprio centro e o mundo inteiro não tem outro centro senão ele, porque o conhecimento que ele tem de si mesmo é um conhecimento de Deus. Era assim que Sócrates se compreendia, assim que, segundo ele, todo homem deveria se compreender e, por conseguinte também, compreender suas relações com cada um, sempre com a mesma humildade e o mesmo orgulho. Sócrates teve para isso a coragem e o domínio de se bastar a si mesmo e de ser unicamente uma ocasião para outrem, mesmo para o mais tolo”. [pg. 19]

HUISMAN, Denis. História do Existencialismo. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

Anúncios

Autor:

Sou a Lee, 32 anos, psicóloga, criminóloga e professora de inglês. Concurseira de ocasião. Noiva da Téia, casada com o Johnny Depp, mãe de três gatas, três cachorros e uma ranha. Moro numa caixa de sapatos à beira mar. Gosto de séries, livros e filmes, mas não tenho mais paciência/tempo como antes. Feminista e humanista, sempre estudante da Cognitivo-Comportamental. Gosto de cartas, postais (vamos trocar?), castelos, criminologia e felinos – não nessa ordem. Gamer pobre e – já mencionei? – sem tempo. Caixista por tempo indeterminado. Se não fosse tão preguiçosa seria perfeccionista. Sonho em um dia falar tudo o que penso mas não penso muito nisso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s